55 11 2639-5776
55 11 2638-2582

Viajar sozinho com crianças

Viajar sozinho com criança

Por vários motivos, como pais divorciados ou agendas inconciliáveis, muitos adultos acabam optando por viajar sozinhos com os pequenos. A tarefa de cuidar de uma ou mais crianças sozinho não é fácil, ainda mais em uma viagem, seja ela nacional ou internacional.

Mas, tomando certos cuidados e se organizando um pouco mais, é possível tirar a situação de letra. Confira abaixo nossas dicas para quem pretende viajar sozinho com crianças.

Dicas para viajar sozinho com crianças

Documentos para viajar com criança

Documentos viagem criançaO primeiro item a ser resolvido em uma viagem é a documentação. Entre todas as questões, conferir se todos os documentos estão em ordem é muito importante, principalmente se a intenção é viajar sozinho com a criança. 

Quando os pequenos não viajam em companhia de ambos os pais ou responsáveis legais, além dos seus documentos válidos de identificação, em alguns casos é necessário apresentar uma autorização de viagem para menor.

Sem a documentação correta, sua viagem pode chegar ao fim antes mesmo de decolar. Neste post e nesse outro você encontra tudo sobre os documentos necessários.

Fazendo as malas para a família

Malas viagem criançasOrganize as malas que serão levadas durante a viagem de forma que consiga economizar espaço, compactando tudo. Pense que durante os traslados (aeroporto/hotel) e possíveis escalas você terá que cuidar dos pequenos e das malas! Por isso, leve somente o que for necessário.

Não se esqueça de checar quais os limites de bagagem permitidos pelas companhias aéreas para cada voo que você for pegar. Os limites para crianças costumam ser menores do que os para adultos, sendo que bebês que viajam no colo (sem ocupar um assento) muitas vezes não têm direito de despachar uma mala só para si. 

Atenção: os limites são por indivíduo, não podendo ser somados. Então, se você resolver juntar suas coisas com a da criança em uma mala só, prevalecerá o limite para um adulto.

Para saber o que levar na mala e como organizá-la de forma prática, confira este post.

Mala de mão para você e para a criança

Mala de mão criançaPara a mala de mão, opte por mochilas. Assim as suas duas mãos ficam livres para cuidar dos pequenos. Dentro dessa mochila, coloque itens que podem lhe ajudar na hora do sufoco, como uma muda de roupas extra, petiscos e brinquedos.

Veja os itens indispensáveis neste outro post.

Outro macete é colocar os seus próprios pertences e documentos dentro da mala da criança, assim você não precisa de mais uma bolsa a tira colo.

Viajar de avião sozinho com crianças

Como só haverá um adulto para cuidar da(s) criança(s) no avião, é ainda mais importante prezar pela tranquilidade. Assim sendo, se o destino for distante, opte por voos noturnos, pois a chance da criança ir dormindo é maior. E tente ao máximo não tirar o pequeno da rotina, alterando os horários de alimentação e sonecas.

Na hora de escolher os assentos, a melhor opção é a primeira fileira. Ali há tanto espaço para colocar um bercinho para os bebês quanto maior espaço para os mais crescidinhos se mexerem.

Prefira também sentar em uma poltrona no corredor, acomodando a(s) criança(s) ao seu lado, "para dentro". Se elas já andam, evite deixá-las no corredor, para não correr o risco de se levantarem sozinhas caso você cochile durante o voo.

Viagem avião criançaSe você vai viajar sozinho com apenas uma criança, o ideal são aviões com disposição de assentos 2-4-2, que permitem que você fique no corredor e ao mesmo tempo acomode a criança na janela (ali ela poderá se distrair com a paisagem do lado de fora e também há menores chances de incomodar outros passageiros).

Com duas, prefira aviões com disposição de assentos 3-3-3 ou 3-4-3 e também pegue o bloco da ponta. Já com três crianças, prefira os 3-4-3, ocupando o bloco do meio. Neste caso, como será inevitável deixar uma delas na ponta, opte por colocar ali a mais velha (ou a mais tranquila).

Para mais dicas sobre viajar de avião com as crianças, leia este outro post.

Banheiro com crianças em viagem

Como fazer na hora de ir ao banheiro quando se trata de um homem viajando com criança menina ou de uma mulher viajando com criança menino? E como fazer quando há mais de uma criança e apenas um adulto?

Banheiro viagem criançasCom os pequenininhos, não há problema em entrar no banheiro do outro sexo, mas os maiorzinhos se sentem desconfortáveis. Para evitar constrangimentos, em ambas as situações procure utilizar os banheiros familiares ou para deficientes, que também são maiores e comportam o responsável e mais duas crianças tranquilamente. Assim, o adulto evita deixar uma delas do lado de fora do banheiro esperando. 

E o minúsculo banheiro de avião? Não cabem duas crianças mais um adulto. Nesta situação, não tem jeito, o melhor é pedir para algum comissário de bordo cuidar de uma delas do lado de fora do banheiro, enquanto você ajuda a outra. Se uma das crianças já for maior, peça para comissário olhá-la no assento mesmo. 

Por isso é importante uma viagem com suporte. Durante passeios guiados, por exemplo, sempre haverá alguém para ficar com uma das crianças enquanto você leva a outra ao banheiro.

Lazer de adulto e de criança na viagem

Um adulto que viaja sozinho com uma ou mais crianças não está em maioria. Então, mais do que nunca, é importante que as programações entediantes para os pequenos não predominem no roteiro.

Lazer viagem crianças

Para melhor aproveitamento da viagem, planeje as atividades com equilíbrio, ou seja, faça um roteiro que agrade ambos os lados, o do adulto e o das crianças, principalmente quando elas já estão maiores.

Esta pode ser também uma excelente oportunidade para programar atividades que propiciem um maior contato entre a criança e o pai ou a mãe (ou o avô, a avó...), para fortalecer os laços afetivos. Sem outro adulto por perto, a atenção da criança será só sua. Aproveite!

Hotel com infraestrutura infantil

Na hora de escolher o hotel, verifique se o mesmo conta com infraestrutura para receber crianças. Exemplo: um parquinho ou salão de jogos com monitores pode distraí-las nas horas livres (o que é ótimo se você quiser ter algum tempinho para si).

Hotel infraestrutura criança

O serviço de quarto também pode ser um forte aliado. Imagina se os pimpolhos caem no sono ou emburram que não querem descer para jantar depois de um dia cheio de atividades? Como você não terá com quem revezar para ficar de olho no pequeno enquanto janta, com o serviço de quarto é só pedir a comida por telefone.

É importante se atentar ao fato de que em hotéis em que há gratuidade ou tarifas especiais para crianças, é necessário que dois adultos pagantes se hospedem no mesmo quarto. Isso significa que no caso de um adulto estar viajando sozinho com apenas uma criança, ela pagará a hospedagem como adulto; com duas, uma pagará como adulto e a outra terá direito ao desconto ou cortesia.

Segurança ao viajar sozinho com crianças

Para um adulto que viaja sozinho com crianças, um par extra de olhos para vigiá-las pode fazer falta. Por isso, é mais importante que nunca que se tome determinados cuidados com a segurança dos pequenos, principalmente para evitar perdê-los de vista.

Confira neste post várias ideias de como identificar os pequenos e os mais modernos dispositivos de segurança para localizá-los.

Comunicação com a família na viagem

Viagem comunicação famíliaSe muitos adultos sentem falta de casa quando estão viajando, quem dirá os pequenos.

Para tentar aliviar a saudade que eles podem ter, vale a pena levar algumas fotografias da família ou, ainda, combinar um horário todos os dias para fazer contato por meio de redes sociais, telefone ou aplicativos como o Skype ou o Viber.

Assim, além de matar a saudade, é possível assegurar-se de que está tudo bem com todos. 

Você!

Descansar viagem com bebêPor último, mas não menos importante, não se esqueça de se manter bem durante a viagem.

Afinal, não há com quem revezar o cuidado com as crianças.

Por isso, use roupas confortáveis e coma regularmente, para manter o equilíbrio. Dormir nas horas que as crianças dormem também alivia o cansaço.

Aproveite muito cada segundo desta experiência. Afinal, viajar sozinho com crianças é uma das melhores formas de curtí-las ao máximo! Com certeza vocês viverão momentos inesquecíveis.

Veja mais Dicas sobre: